quarta-feira, 16 de maio de 2012

The Kooks e sua breve carreira


Não parece, mas já faz oito anos que o The Kooks tá na ativa. Oito anos de carreira que poderia facilmente ser reduzido a metade disso. Em todo esse tempo foram 3 álbuns de estúdio, e cerca de 10 videoclipes.

Foi no disco debut que surgiu o maior sucesso do The Kooks. A famosa “Naive” do álbum Inside in/Inside Out de 2006, que catapultou a inexperiente banda para as grandes paradas de sucesso. Luke Pritchard, vocalista e guitarrista, diz ter criado a música quando tinha 16 anos (hoje com 27).




Em seguida veio o álbum Konk, de 2008, que mais parece uma continuação do trabalho anterior. Sem grandes experimentações e nenhuma surpresa, fica claro que o The Kooks preferiu não arriscar.

E o mais recente Junk Of The Heart, de 2011. Desta vez fica clara uma tímida mudança no som dos caras. A influência da música eletrônica tornou o disco um tanto mais animado. Faixas como “Runaway”, “Junk Of the Heart”, e “Mr. Nice Guy” não me deixam mentir.

A banda indie mais mainstream aposta no sucesso certo, letras que falam de amores e desamores. Sempre bebendo da mesma fonte, o The Kooks, me faz pensar o que está por vir, o que esperar dessa banda inglesa. Às vezes eles me fazem crer que já atingiram o seu ápice criativo nas músicas e videoclipes. Por outro lado, por mais uniforme que seja a carreira dos Kooks, sabemos o quanto é bom ouvir essas músicas com cara de namoro juvenil.

Um comentário:

(La)ize disse...

Gosto e no fundo no fundo não me importo muito com mudanças ou o que eles vão fazer no futuro... mas quero um album novo kkk'

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...